14 setembro, 2007

hermes homem pássaro

No post anterior, fiquei de abordar o assunto "como perder o medo de desenhar?". Bem, confesso que sofro desse mal, mas muito menos do que outrora. Medo de desenhar (pra mim funciona assim) é de certa forma uma vontade de praticar o desenho mas ficar resistente a isso por receio, sei lá, de não ficar bom (ridículo isso), de ficar feio, de não conseguir passar pro papel o que havia imaginado. Isso no âmbito do traço mesmo, nem cogitando a parte textual da coisa toda ainda.

Cheguei à conclusão estúpida e inevitável de que se perde esse medo de desenhar, ora, DESENHANDO. Ficou feio? Assume o feio, desenha de novo e de novo e de novo. Feio ainda? Desenha mais. Escolhe um objeto de estudo. Quero aprender a desenhar pés. Observa o teu pé, desenha, observa como outros desenhistas desenham pés, tenta imitar. Imita mesmo. Depois de um tempo chega-se a uma versão mais autoral. Tá construindo um personagem? Desenha! Faz vários, de várias formas. Desenhei muitos Reginaldos até chegar neste que uso atualmente, por incrível que pareça. E não acredito que seja definitivo.

Um exemplo: esse pássaro com pernas humanas aí de baixo eu criei há umas duas semanas. O nome Hermes surgiu de um brainstorm sem razão de ser com o amigo Francisco. Desenhei vários pra ver como ele ficaria de um jeitinho que eu achasse divertido mas que tivesse um ar aparentemente sério. Acabei gostando de vários dos Hermes abaixo, principalmente o que tá no canto inferior esquerdo cantandinho.

Curioso que quando comecei a escrever esse post tava ouvindo o disco Tábua de Esmeralda, que tem uma música (como todos DEVERIAM saber) que se chama Hermes trismegisto e sua celeste tábua de esmeralda.... Diante da minha ignorância fui perguntar junto ao grande e honorável oráculo Gúgou quem, diabos, foi esse sujeito (O Jorge Ben canta o lado esóterico da história). Pra resumir bem minha ignorância: Hermes é um personagem mitológico (?), hehe. Daí que busquei por imagens e em várias representações ele aparece usando um elmo alado. Coincidência, né? Vai saber...




Agora vai lá correndo e pega qualquer pedaço de papel,uma caneta e manda muita brasa. Daí pega outra. =D

2 comentários:

fran disse...

Bravo! Bravo! Bravíssimo!

Vampiro disse...

O Passaro de Hermes é meu nome, devorando minhas asas para me tornar manso...